9 Mitos e Verdades Sobre a Pressão Alta

médica medindo pressão arterial de paciente

A hipertensão pode ser considerada umas das principais doenças silenciosas desenvolvidas pelo corpo humano. No entanto, as complicações em decorrência da pressão alta podem ser provocadas por diversos fatores, e o tratamento incorreto chega a ser fatal.

Como a hipertensão arterial é uma das doenças com maior índice de prevalência no Brasil — atinge cerca de 25% da população brasileira, sobretudo mulheres acima de 65 anos —, muitos mitos surgiram em relação a ela.

Para acabar com suas dúvidas de uma vez por todas, a seguir esclareceremos os principais mitos e verdades sobre a pressão alta. Confira!

A hipertensão pode levar à morte?

Verdade. A pressão alta é considerada uma “assassina silenciosa”. Se não for tratada adequadamente, ela pode desencadear problemas ainda mais graves, como infartos e AVCs, que podem ser fatais.

O controle da pressão alta pode ser feito somente com medicamentos?

Mito. Remédios servem somente para controlar a pressão após o surgimento do problema. Uma alimentação balanceada e exercícios físicos, além de ajudarem a minimizar esse distúrbio, evitam a elevação da pressão.

A pressão alta tem cura?

Mito. Quando diagnosticada, a pressão alta deve ser tratada pelo resto da vida, pois ela surge da soma de diversos fatores, como idade avançada, excesso de peso, alimentação inadequada, falta de exercícios, sedentarismo e histórico familiar. Porém, com a mudança desses hábitos, a medicação pode ser reduzida, e ela pode ser perfeitamente controlada pelos hipertensos.

A pressão precisa ser auferida diariamente?

Depende. Se o paciente não tiver controle dela ou o quadro for recente, é preciso fazer essa medição todos os dias. Caso contrário, quando estabilizada, o monitoramento pode ser periódico.

Quem tem histórico familiar de pressão alta é mais propenso a desenvolver a doença?

Verdade. Apesar disso não ser uma regra, quem tem familiares próximos, como pai e mãe, com hipertensão, deve ficar atento desde cedo e tomar maiores cuidados para evitar o surgimento da doença.

Todo tipo de atividade física é eficaz no controle da doenças?

Mito. Os exercícios aeróbicos, como caminhadas, corridas, ciclismo e natação, são os mais recomendados para ajudar no controle da pressão alta.

O sal de cozinha é o principal causador da hipertensão?

Verdade. O cloreto de sódio, presente em grandes quantidades em diversos alimentos, como embutidos, enlatados, salgadinhos, macarrões instantâneos e nas frituras, é o grande vilão da pressão arterial, e seu consumo é feito de maneira exagerada por muitos brasileiros.

Existem alimentos “controladores” de pressão?

Verdade. Alimentos ricos em nutrientes, como alho, azeite, cereais, amêndoas, nozes e aveia, ajudam no controle do colesterol, diminuindo a pressão das artérias.

A pressão alta é mais comum em mulheres?

Verdade. Geralmente, a hipertensão começa a surgir após a menopausa, quando as mulheres diminuem a produção de estrogênio com o passar dos anos. Como elas vivem mais do que eles, a tendência é que esse problema seja mais comum no gênero feminino.

 

Pressão alta é coisa séria! E sua ausência de sintomas torna esse problema ainda mais perigoso! Fique atento aos sinais, sobretudo, se você tiver alguns dos fatores de risco que citamos.

Para ficar por dentro de dicas de saúde e bem-estar ou tirar outras dúvidas, basta assinar a nossa newsletter. Até a próxima!

Posts relacionados

Deixe uma resposta