Sua carteira de vacinação está em dia?

calendario de vacinação

Hoje, Dia da Imunização, é a data perfeita para lembrarmos que, na medicina, a nossa principal e mais eficiente arma contra doenças é a prevenção. Quando pensamos em prevenção não há como não lembrarmos das vacinas, a principal aliada mundial no combate a doenças.

Basta seguirmos a orientação correta de vacinação para nos tornarmos imunes (e não mais vulneráveis) a doenças muitas vezes mortais, principalmente quando consideramos as idades em que elas podem ocorrer.

Para comemorar este dia tão importante, preparamos um calendário básico de vacinação para você não perder nenhuma vacina! O calendário já inclui todas as mudanças realizadas este ano pelo Programa Nacional de Imunizações (PNI), órgão da Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, que aprimorou a rotina de vacinação para 2016.

 

carteira de vacinação

 

Para os Bebês e Crianças:

Uma legendinha do Bem sobre as vacinas da infância para ajudar você a entender um pouco mais sobre cada uma delas e como proteger os pequenos da melhor forma:

  • BCG: caso não seja aplicada na maternidade, aplicar na primeira visita ao serviço de saúde.
  • Hepatite B: deve ser administrada preferencialmente nas primeiras 12 horas de vida, ainda na maternidade. A dose isolada da Hepatite B é desnecessária após um mês de idade, sendo suficientes as três doses de Pentavalente.
  • Pentavalente significa DTP + Haemophilus b + Hepatite B.
  • Reforço Pneumo 10 e Meningo C devem ser aplicados até 4 anos, 11 meses, 29 dias.
  • Tetraviral deve ser aplicada somente se a criança já recebeu uma dose de tríplice viral.
  • VOP (Vacina Oral Poliomelite): só deve ser aplicada após três doses de VIP (Vacina Inativada Poliomielite).
  • Crianças entre 9 meses e 5 anos sem dose de Febre Amarela: aplicar uma dose e programar reforço para 4 anos ou intervalo mínimo de 30 dias. Esse reforço pode ser feito em qualquer idade acima de 4 anos.
  • HPV: 2ª dose até 15 anos, em intervalo de 6 meses.

Importante: antes de tomar qualquer vacina, lembre-se de se informar sobre as contraindicações de cada uma!

Para as Gestantes

As mamães também não podem ficar de fora. Fique por dentro das principais recomendações para esse período tão especial:

  • Vacina Influenza: Uma dose em toda gestação a qualquer idade gestacional.
  • Vacina dTpa: Uma dose em toda gestação, a partir de 28 semanas.
  • Vacina Hepatite B: A qualquer idade gestacional. Se ainda não tiver as 3 doses no passado, basta apenas completar.

Pronto! Agora você já está por dentro de todas as principais vacinas oferecidas na rede pública. Elas são gratuitas e estão acessíveis para toda a população nos postos de saúde. Não deixe de acompanhar sua cartela de vacinação e de sua família. Cuidar da saúde faz bem!

4 Responses

  1. Vania de Souza Alves

    Meu filho tem dez anos e está com a carteira de vacinação em dia.
    Essa semana ele vai participar de um acampamento na região de Parelheiros. Ele precisa tomar a vacina contra a febre amarela ?
    Obs : Nós não moramos em regIäo de risco.

    1. Oi, Vania! Tudo bom? A carteira de vacinação completa significa que ele já tomou, em algum momento, a vacina de Febre Amarela? Caso ele não tenha tomado, seria importante para ir à Parelheiros. Mas é preciso tomar com antecedência, uma vez que a imunização ocorre, de fato, aproximadamente, 15 dias após a vacinação. Nossa recomendação é sempre buscar orientação médica e consultar um Doutor do Bem para mais informações. <3 Beijos!

Deixe uma resposta