Como identificar uma DST pelos sintomas?

Como identificar uma DST pelos sintomas?

Sífilis, gonorreia, clamídia, HPV, herpes, aids… A lista de DSTs/ISTs é longa e os agentes causadores são vários. Identificar corretamente uma doença pode ser uma tarefa difícil, principalmente porque elas podem ter sintomas parecidos.

Essa realidade é ainda mais clara para as mulheres, uma vez que, em diversos casos, os sintomas se assemelham aos sinais de reações típicas do organismo. Por isso a importância de realizar acompanhamento médico periodicamente!

As doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) ou as infecções sexualmente transmissíveis (ISTs), como o próprio nome diz, são transmitidas principalmente por contato sexual desprotegido, ou seja, sem camisinha, com uma pessoa infectada. Elas geralmente se manifestam por meio de sintomas como corrimentos, feridas, bolhas ou verrugas.

Você está percebendo coceira, com corrimento branco, cinza ou amarelado, dor ao urinar ou durante a relação sexual? Isso pode ser tricomoníase, gonorreia ou clamídia. Ou o problema é a presença de uma ou mais feridas na região genital? Isso poderia ser sífilis, cancro mole, herpes, entre diversas outras doenças.

Quais são os principais sintomas de DSTs?

Preparamos uma lista com os 5 principais sinais das DSTs.

Existem diversas doenças cujos sintomas, embora muito incômodos, logo desaparecem. Esse é o caso da herpes, por exemplo, que continua causando crises periódicas, mesmo depois que os primeiros sintomas já sumiram, uma vez que o vírus continua vivo no organismo. Além disso, algumas DSTs, se não tratadas, evoluem para complicações ainda mais graves, como a infertilidade ou morte. Por isso a importância de ficar atento e recorrer a ajuda médica imediata.

Confira cada sintoma e procure um especialista:

Dor durante a relação sexual

A dor durante o sexo não é normal. Ela pode sinalizar a presença de uma infecção na parte íntima da mulher, entre outras causas. Além disso, pode ocorrer em todas as relações e posições ou apenas em algumas e estar relacionada ou não ao uso de preservativo. Em qualquer dos casos, é preciso procurar um especialista para identificar sua causa, especialmente se vier acompanhada de ardência.

Secreção ou corrimento vaginal

A secreção é uma reação comum do organismo feminino e pode ser natural até uma semana antes da menstruação ou durante a relação sexual, funcionando como lubrificante. Ela é incolor e sem cheiro. O corrimento, por sua vez, quando em grande quantidade e por períodos mais longos do que o usual, pode sinalizar a presença de uma infecção. Isso acontece quando apresenta tonalidades diferentes, como esverdeada, “amarronzada”, amarelada, rosada ou esbranquiçada, podendo causar coceira ou ardência. Nesse caso, ele pode ter várias causas, como a candidíase e a tricomoníase.

Coceira genital

Podendo variar de uma simples alergia à candidíase, a coceira é o sinal menos relacionado a DSTs. Mesmo assim, demanda atenção, especialmente quando acompanhado de dor ao urinar e corrimento. Além disso, ela pode estar relacionada à presença de um parasita que causa uma doença contagiosa chamada de chato, o famoso piolho-da-púbis.

Cheiro forte na região íntima

A vagina possui um cheiro característico, resultado do suor e secreções naturais da região. Contudo, alguns odores não devem ser ignorados. Enquanto o odor for suave e não causar incômodo, ele não representa um sinal de problemas na saúde da mulher. Por outro lado, se o cheiro se tornar forte e começar a incomodar (inclusive pessoas ao redor), ele pode indicar a presença de infecção. Portanto, ao primeiro sinal, é fundamental buscar ajuda de um Doutor do Bem.

Verrugas genitais

Externas ou internas, as verrugas genitais podem surgir em qualquer área da região íntima e funcionam como um alerta para a presença de um vírus bastante perigoso: o HPV. O diagnóstico é feito por meio de exames específicos.

 

Em caso de dúvidas sobre os sinais, sintomas e tipos de DSTs, consulte um Ginecologista ou Urologista do Bem!

Quer ter acesso à solução completa de saúde? Acesse: www.consultadobem.com.br 😉

Posts relacionados

Deixe uma resposta