Lombalgia: como aliviar a dor na lombar?

Dor na lombar pode ser Lombalgia!

A lombar é a parte mais baixa da coluna. Ela é responsável por suportar a maior carga da região e está diretamente relacionada a uma boa postura.

Você certamente já sentiu ou conhece alguém que reclamou de dor na lombar, certo? Essa dor famosa, também conhecida como dor nos quartos, tem um nome e é lombalgia.

A lombalgia é nada menos do que o segundo motivo pelo qual as pessoas mais procuram ajuda médica. A dor é tão comum que, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), afeta 80% da população mundial pelo menos uma vez ao longo da vida.

Mas o que é a lombalgia?

A lombalgia é uma condição que pode ser aguda, quando dura menos de seis semanas, ou crônica, quando persiste por mais de 12 semanas. O sintoma se resume a uma dor localizada na região lombar, isto é, abaixo da décima segunda costela até o glúteo, podendo irradiar para o meio da coxa.

As causas são diversas, mas é comum que tenha origem na má postura: posição errada ao abaixar, levantar objetos pesados, sentar ou deitar. Torções musculares também podem ocasionar a dor, especialmente ao fazer exercícios de forma inapropriada ou sem acompanhamento de um profissional e carregar mais peso do que consegue durante o treino na academia ou em outras situações do dia a dia. Além disso, pode ser causada por outras doenças, como artrose da coluna e hérnia de disco, inflamações ou infecções.

A realidade é que, durante o diagnóstico, a lombalgia pode começar na emergência da ortopedia e, logo após o exame clínico, ser direcionada para outras especialidades, como em casos de o problema ser nos rins ou infecções, entre outros.

O tratamento para a lombalgia pode ser feito com bolsas de água quente, massagens, alongamentos e remédios sob orientação médica, o que ajuda a desinflamar a região, alongando os músculos, combatendo a dor nas costas e devolvendo a integridade da coluna.

Como tratar a lombalgia?

Vale ressaltar, primeiramente, que é importante consultar um Doutor do Bem para diagnosticar o seu quadro – já que cada caso é um caso!

Apesar de a lombalgia aguda melhorar espontaneamente com o tempo, existem várias estratégias, inclusive caseiras, que podem trazer alívio para a dor na lombar. Entre elas estão:

  • Usar bolsa de água quente por 20 minutos no local da dor. Para que traga um alívio efeitvo, o ideal é aplicar a bolsa estando deitado, com uma almofada abaixo do abdômen.
  • Alongar-se frequentemente. A posição é simples: basta deitar de barriga para cima, coluna reta, e elevar os joelhos até o peito, segurando as pernas e fazendo movimentos de um lado para o outro;
  • Deitar de lado, descansado a coluna com um travesseiro entre as pernas para posicionar melhor o quadril;
  • Usar colchão ortopédico para proteger a lombar durante as noites de sono;
  • Repousar. Nesse momento, é fundamental evitar exercícios ou atividades que exijam esforço, especialmente repetitivo.

Além disso, em episódios de dor intensa, outras intervenções podem ser necessárias, como o uso de medicamentos (anti-inflamatórios, analgésicos, corticóides e relaxantes musculares), pomadas, injeções, acupuntura e a fisioterapia, parte essencial do tratamento que, além de aliviar a dor, ajuda a prevenir seu retorno, tratando o problema em sua origem.

Quer ter acesso à solução completa de saúde? Acesse: www.consultadobem.com.br 😉 

Posts relacionados

4 Responses

  1. Sonia,,,,

    Com certeza muito boa essa matéria,,, vez ou outra travo,,,,mas não perdura mais que dois dias,,,e passa ,,agora com essas dicas sei que irá passar no mesmo dia!!!
    OBRIGADA,,,😀😘

Deixe uma resposta