Menopausa e andropausa: quais as semelhanças e diferenças?

Menopausa e andropausa: quais as semelhanças e diferenças?

Embora muito diferentes em alguns aspectos, os organismos dos homens e das mulheres passam por mudanças semelhantes ao longo da vida, tanto nas fases de  crescimento e puberdade como, especialmente, durante o envelhecimento.

Então, se alguém perguntar se homem também sofre com menopausa, a resposta pode ser um pouco mais complexa do que você imaginava.

Você certamente já ouviu falar de menopausa. Mas e quanto à andropausa?

Confira os principais pontos de semelhança e diferença entre menopausa e andropausa:

A menopausa e a andropausa são períodos comuns entre ambos os gêneros e acontecem de forma natural para preparar o organismo para o processo de envelhecimento. Em outras palavras, tanto o corpo do homem quanto o da mulher já estão programados para passar por essas fases. De formas diferentes, mas com muitas semelhanças. Confira!

1. Elas acontecem em períodos parecidos

A menopausa é um dos períodos mais temidos na vida de qualquer mulher. Ela costuma ocorrer entre 45 e 55 anos e ter duração aproximada de 1 ano. Já a andropausa ocorre, geralmente, após os 50 anos e, muitas vezes, não é percebida tão claramente pelos homens.

2. Ambas são resultado de alterações hormonais

Na menopausa, os ovários passam a diminuir a produção de estrogênio e progesterona até cessar, o que define o fim do período fértil. É o fim também da ovulação e, consequentemente, da menstruação. A andropausa, por sua vez, é o período em que os índices de testosterona produzidos pelos testículos diminuem drasticamente.

3. Elas não são doenças

Apesar de se tratarem de períodos naturais e programados pelo próprio organismo, com o declínio na produção hormonal, eles são perigosos e podem sim ocasionar complicações como a Osteoporose, por fragilizar os ossos com a queda da massa muscular, principalmente em homens, e doenças cardiovasculares, se não houver acompanhamento de um Doutor durante o período.

4. Não afetam a todos

Diferente da menopausa, que não deixa nenhuma mulher de fora, a andropausa não atinge todos os homens e também não possui um sintoma clássico, como a menstruação irregular, para sinalizar sua chegada.

5. Para as mulheres, é o fim da capacidade reprodutiva. Para os homens, não.

Diferente do que ocorre com as mulheres, com a menopausa sendo um marco no fim da capacidade reprodutiva feminina, mesmo com todas as alterações hormonais, a andropausa não simboliza infertilidade para o homem. Em outras palavras, eles continuam produzindo espermatozóides normalmente, mantendo sua capacidade reprodutiva.

6. A mulher apresenta a menstruação irregular, o homem perde a libido

Os sintomas da menopausa e da andropausa são bastante diferentes. Enquanto as mulheres vivenciam a irregularidade da menstruação e as ondas de calor, o principal sintoma do homem é a drástica perda de libido, ou seja, do desejo sexual.

Outros sintomas comuns para o homem são: diminuição dos testículos, perda de cabelo, diminuição de massa muscular e da densidade óssea, aumento da gordura muscular, oscilações de humor e dificuldade de ereção.

As mulheres também experimentam a queda do desejo sexual, mas seus sintomas são mais emocionais, envolvendo mais comumente a ansiedade, insônia e alterações de humor.

7. O melhor tratamento é o natural

Por ser uma fase de vida natural, a melhor forma de enfrentar esse período e combater os sintomas é por meio da adoção de hábitos de vida saudáveis. Manter uma dieta equilibrada, rica em fibras e livre de alimentos industrializados, somada à prática regular de atividades físicas é capaz de promover o bem-estar necessário para reduzir o impacto dos sintomas do período.

Outro passo importante é não esquecer o acompanhamento médico de um Ginecologista ou Urologista do Bem, no caso dos homens. O Doutor é a pessoa mais indicada para ajudar a passar por esses períodos reduzindo ao máximo o desconforto que eles trazem. A menopausa e a andropausa são inevitáveis, mas não precisa ser terríveis.

Quer ter acesso à solução completa de saúde? Acesse nosso site: www.consultadobem.com.br 😉

Posts relacionados

Deixe uma resposta