Qual é a importância do checkup regular de saúde?

Qual é a importância do checkup regular de saúde?

O aumento nos custos de planos de saúde somado à correria do dia a dia são a combinação perfeita para deixar para segundo plano o check-up médico regular, aquela consulta e exames periódicos realizados mesmo quando não há nenhuma suspeita de doença. Contudo, a verdade é que essa visita regular ao Doutor pode fazer toda a diferença para sua saúde, especialmente se você deseja viver uma vida longa e saudável!

3 motivos para você realizar um checkup de saúde regularmente!

Pensando nisso, listamos 3 razões que justificam a importância de separar um tempo e energia para realizar o check-up regular. Mas não para por aí! Aqui você ainda pode se informar sobre como realizar o seu check up, cuidando da sua qualidade de vida sem prejudicar sua saúde financeira, e quais exames são recomendados para mulheres e homens. Confira:

1. A prevenção é melhor do que a cura

O check-up não é vantajoso apenas para controlar e acompanhar a evolução de doenças já adquiridas, mas ainda para preveni-las.

Check-ups permitem que o Doutor identifique possíveis problemas de saúde com antecedência. Eles incluem diversos exames, inclusive preventivos, para verificar a saúde atual do paciente e os riscos para desenvolvimento de doenças futuras, bem como as ações para prevenção. Se qualquer problema for identificado, a antecedência pode fazer toda a diferença na escolha do tratamento e nas chances de cura e recuperação.

É como diz o ditado: prevenir é melhor do que remediar. Mas só é possível prevenir de forma efetiva com a ajuda e observação de um Doutor do Bem.

2. A qualidade de vida melhora

Uma vez na consulta regular com um Doutor e com o resultado de seus exames em mãos, é possível obter do Doutor dicas e recomendações fundamentais para adoção de um estilo de vida mais saudável e focado em bem-estar, além da prevenção de doenças em si.

Trata-se, portanto, da ação de um estilo de vida mais saudável, incluindo até mesmo exames que podem ser realizados em casa, como checar as mamas manualmente durante o banho, observar a pele a procura de manchas novas ou mudanças nas pintas, adotar uma alimentação balanceada e realizar atividades físicas regularmente. O Doutor é o profissional indicado para orientar nesse processo e deve ser procurado imediatamente sempre que necessário.

3. Seu bolso agradece!

Para muitas pessoas, só de imaginar o tamanho da despesa que uma doença pode dar já é suficiente para agendar o check-up. Isso porque, check-ups, além de proteger a saúde, podem também ajudar a economizar dinheiro a longo prazo, considerando que eles contribuem para minimizar o risco de desenvolver doenças, realizar cirurgias, comprar medicamentos, gastar com internação, entre outros.

E quando devo realizar meu check up?

O ideal é realizar um check up anualmente, o que inclui tanto a visita ao consultório médico, quanto a realização de exames preventivos. O objetivo é obter o diagnóstico precoce de possíveis doenças, evitando complicações e aumentando as chances de sucesso de um possível tratamento.

Quais exames devem constar no checkup para mulheres?

No caso das mulheres, a maioria dos exames é realizada sob os cuidados de um Ginecologista do Bem. Uma visita ao seu consultório já é suficiente para descobrir todos os principais exames preventivos recomendados, que incluem:

  • Papanicolau

Também chamado Citologia Oncótica Cervical, o exame é rápido e prático. Ele consiste na coleta de uma amostra do material uterino para análise em laboratório, onde são rastreadas alterações nas células do colo do útero. Entre as doenças  que o exame detecta estão as doenças sexualmente transmissíveis (DSTs), as neoplasias intraepiteliais e o próprio câncer de colo do útero. Esse exame, portanto, é fundamental para prevenção contra o câncer de colo do útero, uma vez que qualquer alteração percebida pode ser tratada facilmente nos primeiros estágios. Mas, se não identificada a tempo, pode evoluir para o câncer. Por isso é tão importante realizá-lo.

  • Colposcopia

Geralmente solicitado em conjunto com o Papanicolau, ou quando o mesmo demonstra alguma alteração, o exame de Colposcopia é capaz de avaliar detalhadamente tanto o colo do útero, quanto a vulva e a vagina, identificando sintomas que podem sinalizar inflamação​ ou infecções.

  • Exames de sangue

Neste exame, são retiradas amostras de sangue do paciente que servem para avaliar se os componentes e nutrientes do sangue estão dentro do esperado. O exame pode incluir hemograma completo, testes de glicemia, colesterol total e frações, triglicerídeos, creatina, TGO e TGP.

  • Dosagens de TSH, T3 e T4

Esses exames avaliam as dosagens hormonais e são capazes de identificar se há alterações nos hormônios da tireoide. O hipotireoidismo é caracterizado por níveis elevados de TSH e baixos de T3 e T4, enquanto o hipertireoidismo apresenta o quadro oposto.

  • Mamografia

Mamografia para mulheres a partir de 40 anos de idade e ultrassom da mama para mulheres entre 16 e 39 anos: esses são os exames responsáveis pela detecção precoce do câncer de mama. Esses exames são realizados em laboratório. No consultório médico, o Doutor poderá realizar o exame clínico, apenas apalpando as mamas em busca de alterações. Contudo, ele não é capaz de realizar o diagnóstico precocemente, pois identifica apenas nódulos e tumores que já atingiram pelo menos um centímetro, isto é, que já estão avançados. Por isso a mamografia é tão importante.

Além desses exames laboratoriais, o  paciente deve realizar o autoexame da mama mensalmente em casa. Apesar de não substituir os exames, é uma prática fundamental para identificar qualquer rapidamente.

  • Ultrassonografia pélvica transvaginal

Também realizado anualmente, a Ultrassonografia pélvica transvaginal é especialmente recomendada quando é identificada alteração no exame clínico, nos hormônios, menstruação, por exemplo. Ele é capaz de detectar problemas no ovário, no endométrio e na parede uterina, avaliando o útero por completo.

  • Outros exames

Além disso, dependendo dos fatores de risco de cada paciente, o Doutor poderá solicitar:

  • Teste ergométrico, para avaliar o coração.

  • Densitometria óssea, para detectar a presença de osteoporose.

E para mulheres acima dos 40 anos:

  • Exame de fundo de olho, para detectar alterações comuns da idade.

  • Exame proctológico, para prevenção do câncer colorretal.

Quais exames devem constar no checkup para homens?

O checkup anual também é recomendado para homens. E não precisa atingir os 40 anos para começar. Muito pelo contrário! A partir dos 30 anos já é necessário começar a realizar alguns testes. Aqui vão os principais:

  • Exame de sangue

Assim como as mulheres, os homens também devem verificar como estão seus níveis de glicemia, triglicérides, colesterol, ácido úrico, creatinina, entre outros. Ele é capaz de identificar doenças como diabetes, colesterol ou triglicérides altos, gota, entre outros.

  • Exame de Urina

O exame é realizado para avaliar a presença de infecções ou elementos anormais e consiste na simples análise de uma amostra de urina do paciente. Ele doenças nos rins, como cálculo renal, além de indícios de diabetes e hemorragias.

  • Função hepática

Como as doenças hepáticas costumam apresentar sintomas apenas em fases avançadas, o Doutor poderá solicitar exames para avaliação do fígado e prevenção contra doenças hepáticas em suas fases iniciais.

Além da função hepática, podem ser realizados testes nos rins, pulmão e outros órgãos, dependendo dos fatores de risco de cada paciente.

  • Dosagem PSA, ultrassonografia de próstata e toque retal

Além da ultrassonografia da próstata, que permite uma visão geral da região, também devem ser feitos o toque retal e a dosagem do PSA. Os 3 exames em conjunto podem verificar a existência de câncer de próstata e suas características. Como a próstata se localiza ao lado do reto, o toque retal é capaz de detectar com precisão tumores que crescem em direção à parede do reto, pois são altamente sensíveis ao toque pelo canal do reto. Mas não são todos os tumores que crescem em direção ao reto ou já estão em fases em que é possível perceber o tumor.

O exame costuma ser rápido, com duração de segundos, e totalmente indolor. O único possível incômodo que o paciente poderia sentir durante os poucos segundos em que o exame é realizado é causado por sua própria apreensão. Por isso, como em qualquer outro exame, é importante não ficar tenso. O PSA (antígeno prostático específico), por sua vez, é uma substância produzida pela próstata e pode ser encontrada no sêmen ou no sangue.  Neste exame, é considerada a amostragem colhida no sangue. Geralmente quando o câncer de próstata está presente o nível do PSA está acima de 4 ng/ml.

No caso desses exames, o início é a partir dos 40 anos de idade ou dependendo dos fatores de risco do paciente.

  • Outros exames

Como as mulheres, os homens também devem realizar os exames:

  • Teste ergométrico, para avaliar o coração.

  • Densitometria óssea, para detectar a presença de osteoporose.

  • Exame de fundo de olho, para detectar alterações comuns da idade.

  • Exame proctológico, para prevenção do câncer colorretal.

Com atenção especial para os exames de:

  • Doenças Sexualmente Transmissíveis, que pode ser realizado por um Urologista do Bem.

Para realizar o seu checkup, basta consultar um Doutor do Bem! Não é necessário ter convênio e você pode fazer o agendamento da consulta pela internet a um preço acessível e perto de você. Acesse nosso site: www.consultadobem.com.br 😉 

Deixe uma resposta