3 sinais do início do trabalho de parto

mulher grávida se preparando para o parto

No meio de toda a beleza e alegria que acompanham a notícia da gravidez, uma insegurança aflige a futura mamãe: mas e o parto? Como eu vou saber que chegou a hora e será que eu vou aguentar a dor?

Conforme os meses vão passando e o grande dia se aproximando, é comum se preocupar, especialmente se for uma mamãe de primeira viagem. A boa notícia é que, assim como todas as transformações da gestação acontecem de forma natural e repleta de sinais, o parto também. O normal é que o corpo da futura mamãe dê todos os sinais de que ela precisa para perceber que o momento mais esperado dos últimos meses chegou!

Alguns sinais não deixam a mulher se enganar e indicam que o trabalho de parto está perto e ocorrerá dentro de um ou dois dias ou já está acontecendo:

Primeiro sinal: tampão mucoso

Se você notar um corrimento mucoso rosado ou com listras de sangue, é possível que as contrações do parto comecem em um ou dois dias. Isso porque esse corrimento é um tampão mucoso que, como o próprio nome diz, fica posicionado no colo do útero durante a gestação, fechando o canal. Entretanto, em algumas mulheres as contrações começam antes de o tampão ser eliminado. Apesar disso, é preciso ficar atenta para não confundir o corrimento com outros corrimentos comuns, para não perder o sinal, caso ele venha.

Segundo sinal: a ruptura da bolsa

Popularmente conhecido como o estouro da bolsa (mais especificamente da bolsa amniótica), esse sinal vem acompanhado de um fluido que sai da bolsa e flui pela vagina. A quantidade de líquido varia de acordo com cada mulher, podendo ir de um pingo a um jorro. Quando esse sinal acontece antes do parto, as chances de o parto começar dentro de 24 horas são altas. Contudo, algumas mulheres apresentam esse sinal durante o parto.

O que fazer caso a bolsa estoure? Observe a cor, quantidade e odor do fluido e avise imediatamente o Doutor. O bebê está chegando!

Terceiro e mais importante: contrações

O grande sinal de que a mamãe está entrando em trabalho de parto é o início das contrações uterinas regulares. Regulares porque durante a gravidez é possível que ocorram vários episódios de contrações. Contudo, nem todas são específicas do início do trabalho de parto. Algumas são chamadas contrações de Braxton Hicks, isto é, contrações de treinamento para o grande dia, capazes de preparar o útero e posicionar o bebê para o momento do parto.

As contrações são caracterizadas pelo enrijecimento da barriga e por uma dor no baixo ventre, simulando uma cólica menstrual forte. Além disso, elas vêm acompanhadas de uma outra dor em forma de pontadas na região da vagina, que se expande para a região lombar.

A partir da 20ª semana já é possível começar a sentir as contrações de Braxton Hicks. Já as contrações de trabalho de parto normalmente chegam a partir da 37ª semana.  A diferença entre os dois tipos é a sua intensidade e frequência. Enquanto as contrações de Braxton Hicks normalmente não causam dor, acontecem entre 3 a 4 vezes por dia e duram menos de 1 minuto sem apresentar um ritmo definido, as contrações do trabalho de parto são ritmadas, causam dor e aumentam de intensidade: surgem inicialmente a cada 20 minutos, diminuindo o intervalo para 15 minutos, até chegar aos 10 e, posteriormente, 5 minutos.

O que fazer quando as contrações começarem? Confira no relógio e cronometre, anotando o tempo exato em que começam e quanto tempo duram (frequência e duração) e ligue para o seu Doutor. Mantenha a calma e lembre-se que logo mais seu bebê estará pertinho de você! :)

Quer ter acesso à solução completa de saúde? O Consulta do Bem, junto com seus parceiros, oferece diversos pacotes de pré-natal e opções de partos para você – e com preços muuuito econômicos! Acesse: www.consultadobem.com.br 😉

Posts relacionados

Deixe uma resposta