6 tipos de dor no peito (e que devem receber atenção!)

6 tipos de dor no peito (e que devem receber atenção!)

Dor, pontada, punhalada, queimação ou até o clássico aperto no peito…

O peito e as diversas estruturas que se localizam nele podem ser alvo de inúmeros sintomas ao longo da vida. Sabemos que nem toda a dor no peito vem do coração. Na região também estão o esôfago, o pulmão, entre outras diversas estruturas. E cada um deles apresenta um sintoma específico quando algo não está indo bem.

É preciso saber identificar as diferentes dores sentidas no peito para saber quando é necessário agir. Conheça as principais:

1. Dor no coração

Alvo de doenças cardiovasculares, o coração pode causar dores fortes e perigosas no peito. O infarto, também chamado ataque cardíaco, é uma delas. Com uma dor intensa, como um aperto ou uma pontada que pode se espalhar para o queixo, pescoço, axila, costas ou braço esquerdo, o infarto ocorre quando há falta de oxigenação no músculo cardíaco, o miocárdio, devido à obstrução da artéria coronária por coágulos advindos de placas de gordura.

O infarto acontece quando a artéria está completamente obstruída. Contudo, antes da obstrução, as placas de gordura e colesterol já ocupam espaço nas artérias, causando a angina de peito, uma dor bem no centro do peito, acompanhada de uma sensação de pressão e queimação um pouco acima do tórax. Como ela surge quando a quantidade de sangue que chega ao coração só é suficiente enquanto a pessoa está em repouso, ela tende a diminuir quando a pessoa descansa.

Nesse caso, é fundamental buscar ajuda de um Cardiologista do Bem para tratamento imediato e evitar maiores complicações.

2. Dor nos pulmões

Os pulmões são espaçosos! Praticamente todo o espaço do tórax é ocupado por eles, juntamente com os brônquios e a traqueia, estruturas responsáveis pela condução do ar.

A tosse é um dos motivos mais comuns de dor no peito. Quando tossimos muito, independente do motivo, uma dor bem no centro do peito tende a surgir, piorando sempre que há crises de tosse. Os motivos podem variar desde um simples resfriado até uma pneumonia.

Outra complicação é a embolia pulmonar, doença potencialmente fatal que ocorre quando um coágulo localizado em uma das veias das pernas se desprende e é transportado pelo organismo até se alojar em uma das artérias do pulmão, obstruindo o fluxo de sangue. A dor tem início súbito, especialmente ao respirar fundo. A qualquer sinal de dor, é preciso buscar ajuda de um Pneumologista do Bem.

3. Dor no esôfago

A boca e o estômago são conectados por um tubo de aproximadamente 40 cm de comprimento chamado esôfago. Ele é uma espécie de cano oco por meio do qual os alimentos são transportados da boca até o estômago. Algumas doenças, como o refluxo gastresofágico, que ocorre quando a acidez presente no estômago começa a agredir os tecidos mais sensíveis do esôfago, pode causar dores no peito, bem como azia e sensação de queimação. Nesse caso, um Gastro do Bem deve ser consultado.

4. Dor nas artérias e veias

As artérias e veias não ficam de fora. Elas também podem sofrer com doenças, como é o caso do aneurisma de aorta, um alargamento grave da aorta, o principal vaso sanguíneo que fornece sangue ao corpo na região do abdômen. O aneurisma da aorta causa uma dor comparada a uma punhalada no peito, além de ser fatal. Nesse caso, é preciso buscar ajuda médica imediata.

5. Dores na musculatura, nos ossos e cartilagens do peito

Esse tipo de dor é chamada osteomuscular e é resultado de um trauma nos ossos, cartilagens ou músculos do peito. A dor depende da gravidade das fraturas e podem ser tratadas com analgésicos ou anti-inflamatórios. Como surgem, geralmente, após acidente, o problema é tratado no pronto-socorro.

6. Mas…E quanto aquele “aperto” no peito?

Geralmente de origem emocional, esse aperto costuma surgir devido ao estresse ou angústias e, mesmo que os exames não revelem nenhuma causa aparente, a dor é física, real e parece que nunca vai passar. Nesse caso, o ideal é conversar com um Psicólogo do Bem para encontrar alívio e, com um tratamento adequado, eliminar a dor.

Quer ter acesso à solução completa de saúde? Acesse nosso site: www.consultadobem.com.br 😉

Posts relacionados

Deixe uma resposta